Google+ Followers

porque convergimos e integramos com AMOR, VERDADE, RETIDÃO, PAZ E NÃO-VIOLÊNCIA

dedicamos este espaço a todos que estão na busca de agregar idéias sobre a condição humana no mundo contemporâneo, através de uma perspectiva holística, cujos saberes oriundos da filosofia, ciência e espiritualidade nunca são divergentes; pelo contrário exige-nos uma postura convergente àquilo que nos move ao conhecimento do homem e das coisas.
Acredito que quanto mais profundos estivermos em nossas buscas de respostas da consciência melhor será para alcançarmos níveis de entendimento de quem somos nós e qual o propósito que precisaremos dar as nossas consciências e energias objetivas e sutis para se cumprir o projeto de realização holística, feliz, transcendente, consciente e Amorosa.

"Trata-se do sentido da unidade das coisas: homem e natureza, consciência e matéria, interioridade e exterioridade, sujeito e objeto; em suma, a percepção de que tudo isso pode ser reconciliado. Na verdade, nunca aceitei sua separatividade, e minha vida - particular e profissional - foi dedicada a explorar sua unidade numa odisseia espiritual". Renée Weber

PORTANTO, CONVERGIR E INTEGRAR TUDO - TUDO MESMO! NAS TRÊS DIMENSÕES:ESPIRITUAL-SOCIAL-ECOLÓGICO

O cientista (psicólogo e reitor da Universidade Holística - UNIPAZ) PIERRE WEIL (1989) aponta os seguintes elementos para a falta de convergência e integração da consciência humana em geral: "A filosofia afastou-se da tradição, a ciência abandonou a filosofia; nesse movimento, a sabedoria dissociou-se do amor e a razão deixou a sabedoria, divorciando-se do coração que ela já não escuta. A ciência tornou-se tecnologia fria, sem nenhuma ética. É essa a mentalidade que rege nossas escolas e universidades"(p.35).

"Se um dia tiver que escolher entre o mundo e o amor...Lembre-se: se escolher o mundo ficará sem o amor, mas se escolher o amor, com ele conquistará o mundo" Albert Einstein

quinta-feira, 11 de junho de 2009

BUSCA-ME


(AMORC- CANTOS DO AMANHECER No 1)
Rubens Romanely
Quando nas horas de íntimo desgosto o desalento te invadir a alma e as lágrimas te aflorarem aos olhos.
Busca-ME!
EU SOU aquele que sabe sufocar teu pranto e estancar tuas lágrimas.

Quando te julgares incompreendido pelos que te circundam e vires que a tua volta a indiferença recrudesce.
Acerca-te de MIM!
EU SOU a luz sob cujos raios aclaram a pureza de tuas intenções e a nobreza de teus sentimentos.

Quando se te extinguir o ânimo para arrastares a vicissitudes da vida e te achares na eminência te desfalescer.
Chama-ME!
EU DOU a força capaz de remover-te as pedras dos caminhos e sobrepor-te as adversidades do mundo.

Quando inclementes te açoitarem os vendavais da sorte e já não souberes onde reclinar a cabeça.
Corre para junto de MIM!
EU SOU o refúgio em cujo seio encontrarás guarida para o teu corpo e tranqüilidade para o teu coração.

Quando te faltar a calma nos momentos de maior aflição e te julgares incapaz de conservar a serenidade.
Invoca-ME!
EU SOU a paciência que te faz vencer os caminhos mais dolorosos e triunfar nas situações mais difíceis.

Quando te debateres nos paroxismos da dor e tiveres a alma ulcerada pelos abrolhos caminhos.
Grita por MIM!
EU SOU bálsamo que cicatriza tuas chagas e minora teus padecimentos.

Quando o mundo te iludir com suas promessas falazes e perceberes que já ninguém podes inspirar-te confiança.
Venha a MIM!
EU SOU a sinceridade que sabe corresponder a fraqueza de tuas atitudes e a excelsitude de teus ideais.

Quando a tristeza e a melancolia te povoarem o coração e tudo te causar aborrecimento.
Chama por MIM!
EU SOU a alegria que insufla um alento novo e te faz conhecer o encanto de teu mundo interior.

Quando um a um te fenecerem os ideais mais belos e te sentires no auge do desespero.
Apela para MIM!
EU SOU a esperança que te robustece a fé e acalenta os sonhos.

Quando a impiedade se recusar de revelar-te as faltas e experimentares a dureza do coração humano.
Procura-ME!
EU SOU o perdão que te levanta o ânimo e promove a reabilitação do teu Espírito.

Quando duvidares de tudo até de tuas próprias convicções e o ceticismo te avassalar a alma.
Recorre a MIM!
EU SOU a Crença [Fé] que te inunda de luz e entendimento e que te reabilita para a conquista da felicidade.

Quando já não provares a sublimidade de uma aflição sincera e te desiludirem os sentimentos de teu semelhante.
Aproxima-te de MIM!
EU SOU a renúncia que te ensinou a não revidar a ingratidão dos homens e a esquecer a incompreensão do mundo.

Quando enfim quiseres saber quem SOU pergunte ao riacho que murmura e ao pássaro que canta; a flor que desabrocha e a estrela que cintila; ao moço que espera e ao velho que recorda.
EU SOU a dinâmica da vida e a harmonia da natureza.
Chama-ME Amor. O remédio para todos os males que atormenta o Espírito.

Estenda-me tua mão ó alma Filha da Minha Alma que eu te conduzirei numa seqüência de êxtase e deslumbramento às serenas mansões do infinito sob a luz brilhante da eternidade...DEUS!

Nenhum comentário: